Littera Centro de Estudos | Araçatuba-SP

Ligando os Pontos – Oficina do Cérebro

É um conjunto de atividades para o desenvolvimento das funções cognitivas: memória, atenção, linguagem, raciocínio lógico.

Concebido e desenvolvido por ANA REGINA HERNANDES CARRENHO, pedagoga, com a participação de EDERSON DA COSTA RIBEIRO, psicólogo.

Atualmente, as atividades são coordenadas e supervisionadas pela psicóloga e psicopedagoga ANDRIELLE CONCEIÇÃO de CARVALHO LOBATO.

Como Funciona

As atividades estão divididas em 3 blocos, cada um com 2 módulos . As atividades propostas foram concebidas para estabelecerem um nível crescente de dificuldade , de modo a estimular o aluno a buscar soluções cada vez mais complexas, estimulando assim, as funções cognitivas de seu cérebro.

As atividades são desenvolvidas no CENTRO DE ESTUDOS LITTERA, na Rua América do Sul, 251, Vila Carvalho, Araçatuba, e são destinadas a crianças, jovens, adultos e idosos, com duração semanal de 2 horas.

A proposta é trabalhar todas as funções em ¾ da aula e na última parte da aula oferecer um treinamento específico detectado no primeiro módulo.

O que São Essas Atividades?

São atividades lúdicas, como preenchimento de palavras, quebra-cabeças, jogos de memória, acompanhados de jogos específicos, como tangran, blocos lógicos, torre de HANÓI.

Após a identificação das dificuldades do aluno, feita no primeiro módulo do primeiro bloco, ocorrerá um treino específico para superar tal dificuldade.

Qual O Diferencial da Oficina do Cérebro Ligando Pontos  em Relação às Demais Instituições que Trabalham com Tais Atividades?

1 – O aluno é avaliado  e acompanhado por psicóloga e psicopedagoga para determinar a dificuldade e o grau dessa dificuldade a ser trabalhada.

2 – Essas atividades constituem uma forma de  desenvolvimento de habilidades individuais essenciais como responsabilidade, disciplina, planejamento, organização.

3 – As habilidades sociais são desenvolvidas com a participação em atividades e  jogos coletivos.

4 – Além da avaliação inicial, é oferecida uma avaliação no final de cada bloco, para que o aluno, seus pais, professores e terapeutas possam conhecer o desenvolvimento do aluno.

5 – O trabalho é desenvolvido semanalmente  por pedagoga especialmente treinada para oferecer suporte aos alunos.

6 – Após o primeiro bloco, detectada a dificuldade, além das atividades oferecidas, é possível oferecer jogos via internet para um treino especializado.

7 – Em relação ao adulto, são oferecidos treinamento especial para memória, linguagem e raciocínio lógico também através de jogos pela internet.

8 -O idoso recebe atenção especial com  atividades direcionadas às suas dificuldades relacionadas à memória, à linguagem, e à atenção, em déficit por causa da idade ou em decorrência de traumas  ou patologias, constituindo-se num valioso apoio às terapias utilizadas.

9 – O valor da matrícula e das mensalidades muito abaixo do valor praticado por outras instituições similares.

Quem Pode Fazer?

Pessoas que querem melhorar seu desempenho na escola, na faculdade, em concursos públicos e em atividades rotineiras.

Crianças com déficit de atenção, com TDAH, com dificuldades de linguagem, de leitura, de escrita, de cálculo.

Pessoas com déficit de atenção, de memória, de raciocínio lógico, de linguagem.

Idosos com déficit de atenção, memória, raciocínio lógico, linguagem, planejamento, organização da comunicação.

Por Que se Trabalha com Atividades para Todas as Funções e Não Apenas com a Função em que o Aluno Tem Dificuldade?

Porque todas as funções trabalham em conjunto. Melhorar todas as funções vai determinar uma acentuada melhora na função com dificuldade, pois,a função deficitária vai implicar prejuízo para as demais funções. Uma criança que tenha dificuldade com as funções da linguagem, ler ou escrever, pode apresentar dificuldades na leitura de problemas e , consequentemente, de raciocínio lógico.

Uma pessoa com acentuada perda de memória terá gradativamente prejudicadas suas demais funções, como atenção, planejamento, e até coordenação motora.

O Que São Jogos Pela Internet? A Pessoa Pode Ficar “viciada”?

São jogos especialmente programados para o desenvolvimento da função deficitária. Todas as atividades são acompanhadas porpedagoga treinada com o objetivo de estimular o aluno a superar suas dificuldades, na escola e no convívio social.E eles só podem serfeitosna Oficina do Cérebro – Ligando os Pontos. Essas são as razões pelas quais o aluno não ficará viciado.

Ligar
Rota